Apodi faz golaço, mas Ponte sofre gol no segundo tempo e empata com Operário

0

Em noite de festa para os 50 jogos de Brigatti como técnico da Ponte Preta e reencontro com Roger, a Macaca ficou no empate com o Operario pela décima rodada da Série B.

O gol foi marcado por Apodi aos 23 minutos do primeiro tempo para o time da casa, mas Tomas Bastos aproveitou assistência de Roger e deixou tudo igual na etapa final.

A partida começou truncada e sem grandes chances para os dois times. Do lado da Macaca muitos erros de passes do volante Luís Oyama enquanto Roger lutava para os visitantes, mas sem sucesso.

O goleiro Thiago Braga foi o grande protagonista do Operario no primeiro tempo com três grandes defesas: ele parou dois cabeceios fortes de Matheus Peixoto e ainda fez milagre após finalização de Bruno Rodrigues na marca do pênalti.

Ivan Quaresma foi exigido apenas no final do primeiro tempo após cobrança de falta de Tomás Bastos aos 46 minutos por cima da barreira. O camisa 1 da Macaca mergulhou com grande defesa.

O primeiro gol saiu em uma pintura de Apodi. O camisa 22 recebeu aos 23 minutos após inversão de Bruno Rodrigues, ajeitou o corpo e enfiou um canudo para fazer 1 a 0.

No segundo tempo a Macaca começou em cima buscando ampliar a vantagem sempre aproveitando descidas de Apodi e Lazaroni, mas acabou recuando e sofrendo o empate.

Após pivô de Roger, o meia Tomas Bastos recebeu na diagonal e venceu o duelo com Ivan Quaresma. E se não fosse o camisa 1 da Macaca Roger teria feito o da virada, mas parou no arqueiro pontepretano.

Foto de Álvaro Junior/Pontepress

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGOU? Ponte Preta e Operário pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ONDE? Estádio Moisés Lucarelli em Campinas

ESCALAÇÕES? A Ponte Preta entrou em campo com Ivan Quaresma; Apodi (Dawhan), Alisson Pereira, Wellington Carvalho e Lazaroni; Bruno Reis, Luís Oyama (Neto Moura), Luan Dias (Moisés) e João Paulo; Matheus Peixoto (Pato) e Bruno Rodrigues (Zé Roberto). Já o Operario jogou com Thiago Braga; Sávio, Sosa (Peixoto), Reniê e Fabiano; Pedro Ken (Mazinho), Tomas Bastos e Thomaz; Clayton (Jean Carlo), Maranhão (Douglas Coutinho) e Roger (Schumacher).

GOLS? Apodi (Ponte Preta); Tomas Bastos (Operário)

QUEM APITOU? Alisson Sidney Furtado

CARTÕES? Wellington Carvalho, Clayton, Oyama e João Paulo

PÚBLICO E RENDA? O jogo foi realizado com portões fechados