Apática, Ponte perde para Sport e se complica na Sul-Americana

0
Sport mostra superioridade contra Ponte em casa e tem boa vantagem para avanças para as quartas da Sul-Americana

A Ponte Preta viu diminuírem as chances de conseguir fazer uma boa campanha na Copa Sul-Americana. Jogando na Ilha do Retiro, a Macaca perdeu pelo placar de 3 a 1 para o Sport e agora vai precisar vencer por pelo menos dois a zero o jogo da volta, na próxima quarta (20) no Moisés Lucarelli, para ficar com a vaga nas quartas de final da competição internacional.

O time campineiro fez um primeiro tempo muito ruim. Tomou um gol no início da partida, aos 7 minutos e não conseguiu se encontrar. A proposta era apostar na ação defensiva com a malha de marcação baixa. Mas, havia dificuldade em todos os setores; defesa, meio-campo e ataque. A Ponte Preta, durante o jogo inteiro, só finalizou duas vezes em direção ao gol adversário. A primeira foi justamente quando Felipe Saraiva marcou o gol da Macaca, aos 37 minutos do segundo tempo, quando os donos da casa já venciam por 3 a zero. Foi o primeiro gol de Saraiva como profissional. O Sport, mesmo sem ser brilhante tecnicamente, marcou 3 gols e poderia ter feito 6 ou 7. Ficou barato para a Macaca. O mais incrível é que quando o jogo estava 3 a 0 o Sport deu uma afrouxada e a Macaca encaixou 3 contra-ataques, fez um gol e por pouco não marcou o segundo. 

Após a partida, o técnico Gilson Kleina afirmou que o time não teve poder de reação durante a partida, mas disse que confia no grupo e que novamente vai com força máxima para o confronto a volta para ainda tentar a classificação. A derrota aumentou a desconfiança de torcedores e de parte da diretoria com o trabalho de Kleina, que já teria sido sondado para se transferir para a Chapecoense.