Álvaro Negrão fala em amizade com presidente do Guarani e se diz disponível para negociar dívida: ‘Não quero prejudicar o clube’

0

Na última semana, conforme noticiado pelo Portal CB, o Guarani recebeu uma notificação judicial de penhoras das cotas de televisão da CBF e da FPF por uma dívida de aproximadamente R$ 1,5 milhão com o ex-presidente Álvaro Negrão.

O montante é referente aos empréstimos realizados pelo dirigente na época em que presidiu o clube. O departamento jurídico do Guarani já solicitou recurso e aguarda o retorno do funcionamento da Justiça para saber quais os próximos passos.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Álvaro Negrão explicou que está disponível para ouvir o clube e tentar uma negociação mais tranquila. “Eu tenho grande respeito e amizade com o Ricardo Moisés. Estou cobrando um direito meu, mas não tenho nenhuma intenção de prejudicar o clube. Estou aberto para ouvir e negociar da melhor maneira possível”, explicou.

Negrão garantiu que se desligou totalmente do futebol e que acompanha apenas como torcedor. “Não tenho mais nenhuma ligação e estou acompanhando de fora. Estou muito feliz pela campanha da equipe no Paulistão com Thiago Carpini, Gustavo, Ricardo e outros profissionais que sempre se dedicaram muito pelo clube”, finalizou.

Comente com seu Facebook