Abner ganha espaço na Ponte e se coloca à disposição para voltar ao meio-campo

0

Assim como no ano passado, quando a Ponte lançou o lateral Emerson ao futebol brasileiro, 2019 deve ser a vez de outro lateral: Abner. Revelado pelas categorias de base da Ponte, o garoto de 19 anos recebeu a primeira oportunidade como titular entre os profissionais no Torneio do Interior. Convidado do programa Jogo Aberto Regional, na tela da Band, o jogador falou sobre a recente carreira e as principais características dentro de campo.

Natural de Pirapozinho, no interior do Estado, Abner começou no futebol como meia. Na base, começou no time da cidade, passou pelo Mogi Mirim e chegou à Ponte. Foi no clube alvinegro que ele passou deixou de atuar como meia para jogar na lateral-esquerda. Mas o jovem não descarta a possibilidade de poder atuar novamente no meio-campo: “como eu sempre fui meia, acho que tenho potencial pra isso (…) mas deixo os técnicos a vontade, o Jorginho já me perguntou algumas vezes mas eu deixo ele a vontade pra decidir e se ele me colocar (como meia) eu vou estar disposto  fazer o que ele quer”.

Recém promovido ao time profissional, o jogador fala em evoluir sempre e garante que os 3 anos de experiência na lateral-esquerda o fizeram melhorar muito no setor. Com relação à parte física, Abner reconheceu que sentiu dificuldade em comparação com os colegas profissionais e que vem procurando fortalecimento especial.

O nome diferente de Abner é de origem bíblica. “É o nome de um general da tribo de Davi”, explicou o jogador.

Abner é um dos jogadores que ganharam oportunidade ao longo do Torneio do Interior e podem aparecer como titulares do técnico Jorginho. O treinador ainda não começou a montar a equipe, mas a tendência é que ele faça uma mescla de atletas que vinham bem como titulares antes do vexame na Copa do Brasil, aliado a destaques na equipe reserva que chegou à final do Torneio do Interior.

Comente com seu Facebook