À espera de reforços, Doriva ganha semana livre para ajustar problemas da Ponte Preta

0

Após a derrota para o Atlético-GO, por 3 a 1, no último sábado, em Bragança Paulista, o técnico Doriva ganhou uma semana livre para trabalhar e corrigir os problemas da Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso da Macaca será em sete dias, contra o Sampaio Corrêa, fora de casa.

A pouca produtividade do ataque é uma das principais preocupações da comissão técnica. Após a vitória no Dérbi 191, a Macaca empatou sem gols contra o Vila Nova e marcou apenas um gol na derrota para o Atlético com gol marcado pelo volante Paulinho.

Felippe Cardoso, André Luis, Junior Santos e Danilo Barcelos revezam as funções no sistema ofensivo, mas apenas dois balançaram as redes. Cardoso marcou um único gol diante do Criciúma e está em baixa. Junior Santos agrada, mas também não fez as pazes com as redes.

A diretoria busca no mercado novas opções ofensivas. Marcinho, do Internacional, chegou a ficar apalavrado para reforçar a equipe campineira, mas optou por atender um chamado de Rogério Ceni no Fortaleza. Dois jogadores são aguardados nas próximas semanas: John Kleber, em fase final de recuperação, além de Luis Fabiano, que deve ganhar um contrato no próximo mês.

O departamento de futebol também avaliza a contratação de um camisa 10. Nomes como Escudero, Camilo, Felipe Gabriel e outros foram citados por torcedores, mas a diretoria mantém em sigilo os interessados para afastar qualquer chance de concorrência no mercado.