STJD arquiva ‘caso Ernandes’ e mantém Ponte Preta na Série B

0

por júlio nascimento

UNIONE SEGUROS

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) arquivou o processo de denúncia contra o Goiás pela suposta escalação irregular de Ernandes, que teria alterado a data de nascimento em 2004 e, por isso, não estaria em condições de entrar em campo pela última Série B. A Ponte Preta vivia a expectativa de uma punição ao Goiás para herdar a vaga no G4 e garantir vaga no próximo Brasileirão.

De acordo com nota publicada pelo STJD, “a Procuradoria esclarece a Confederação Brasileira de Futebol não haver nenhuma irregularidade na situação do atleta”. E ainda completa que o “Goiás Esporte Clube salienta ter feito contrato de trabalho com o atleta nas mesmas datas informadas pelos registros da CBF e, portanto, o clube nunca tomou conhecimento da existência de duas certidões de nascimento”.

O departamento jurídico da Ponte Preta alegou já ter conhecimento da decisão, mas ainda tem um último recurso para tentar desqualificar a decisão do arquivamento.

Sendo assim, a decisão que havia sido comunicada no início de dezembro por um dos procuradores do STJD segue mantida. Não há possibilidade de punição ao Goiás, mas um julgamento para Ernandes não está descartada. O jogador deve ser julgado no início de março.

Comente com seu Facebook