Sem marcar há 225 dias, Marcão é aposta de Louzer para recuperar ataque do Guarani

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube

por júlio nascimento

ESPEL ELEVADORES

Preocupado com o rendimento ofensivo do Guarani nos últimos jogos, o técnico Umberto Louzer tem realizado testes na estrutura tática da equipe e cogita mudar a formação para enfrentar o Boa Esporte, no sábado, em Varginha.

Nos últimos treinamentos, o comandante bugrino escalou um time diferente e descartou, num primeiro momento, o tradicional 4-2-3-1 para jogar com dois homens na grande área: Bruno Mendes e Marcão.

A opção por Marcão surpreende pelo rendimento apresentado do centroavante de 33 anos. São oito jogos com a camisa do Guarani, duas finalizações e nenhum gol marcado. Aliás, Marcão não sabe o que é balançar as redes há 225 dias. O último gol marcado foi com a camisa do CRB, na primeira fase do alagoano, diante do ASA.

A entrada de Marcão muda o posicionamento de Bruno Mendes. O atacante, que atuou na função de meia quando estava no futebol português, passará a ter mais liberdade próximo da grande área. O escolhido para deixar o time titular foi Rondinelly que, assim como o concorrente Longuine, não rendeu o esperado.

O Guarani terminou o primeiro turno com 27 gols marcados em 19 jogos (média de 1,4 gol por partida) e no segundo turno marcou 11 gols em 12 partidas (média de 0,9).

A possibilidade da escalação de Marcão ao lado de Bruno Mendes é testada justamente para enfrentar a pior defesa da Série B. O Boa Esporte, lanterna da competição, sofreu 41 gols em 31 jogos.

 

Comente com seu Facebook