Questões financeiras travam negociação de permanência entre Ponte e João Vitor

0

por júlio nascimento e antonio luppi

NA TELA DA BAND

A Ponte Preta encontrou uma barreira para segurar João Vitor. Após uma primeira reunião, o clube apresentou uma proposta ao estafe do atleta, mas a questão salarial ainda pesa contra um acerto definitivo. O jogador tem contrato até dezembro de 2019, mas terá que passar por mudanças no vínculo.

O gerente de futebol, Marcelo Barbarotti, é o representante do clube nas tratativas. A Ponte Preta ofereceu um reajuste salarial para João Vitor, atleta com mais tempo de casa ao lado de Ivan. O problema é que a Macaca ainda não acertou o restante das questões financeiras.

A ideia da diretoria é de realizar uma nova reunião com os representantes do atleta. João Vitor é tido como uma influência no vestiário e, por isso, seria importante na disputa do Campeonato Paulista e da Série B do Campeonato Brasileiro. O volante tem as características que agradam ao técnico Mazola Júnior, mas terá que entender a nova realidade financeira do clube.

Já o zagueiro Renan Fonseca está próximo de um acordo. O zagueiro concedeu entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas no início da semana e admitiu que a permanência no Majestoso está próxima de ser sacramentada, faltando apenas detalhes para uma nova assinatura de contrato.

Comente com seu Facebook