Presidente do Guarani garante salários em dia, respalda Louzer e cobra reação imediata

0
O presidente do Bugre, Palmeron, garantiu que não há nenhum problema extracampo no vestiário (Foto: Letícia Martins/Guarani FC)

por júlio nascimento

NA TELA DA BAND

O presidente do Guarani, Palmeron Mendes Filho, não ficou satisfeito com o rendimento da equipe na partida contra o São Bento, em Sorocaba, na última rodada da Série B, mas garantiu que a reação do Bugre começou no pós-jogo e que a equipe terá uma nova postura a partir da partida contra o Avaí.

O dirigente bugrino, em entrevista ao programa Esporte Notícia da Rádio Bandeirantes, descartou qualquer possibilidade de atraso nos salários dos atletas. “Sempre que há uma derrota começam a surgir boatos sobre salários atrasados. Não tem nada disso. Os salários estão em dia e os compromissos estão sendo cumpridos”, garantiu Palmeron.

O presidente aproveitou para respaldar o trabalho de Umberto Louzer. “Eu gostaria de saber desses torcedores que criticam o Umberto quem poderia fazer um trabalho melhor que ele? O Umberto tem números semelhantes e idênticos ao de Vadão que foi o melhor técnico do Guarani nos últimos anos. Ele tem nosso apoio e confiança para alcançar os objetivos”, explicou Palmeron.

De acordo com relatos do próprio Palmeron, o abatimento dos jogadores após a derrota para o São Bento começou dentro do vestiário e o elenco pediu o cancelamento da folga do final de semana já pensando no confronto contra o Avaí. “O jantar após o jogo em Sorocaba parecia um velório e a partir disso todos começaram a se cobrar individualmente, inclusive o próprio Umberto. Eles pediram para se reapresentarem no sábado, que seria a folga, e garantiram que vão trazer uma reação imediata a partir do próximo jogo”, finalizou.

O Guarani inicia nesta terça-feira, às 12h, a venda de ingressos para a partida contra o Avaí. O tobogã e a cabeceira sul estarão em lotes promocionais e serão vendidos a partir de R$ 20 (inteira). Já as vitalícias e o tobogã inferior podem ser adquiridos por R$ 40 (inteira). “Nossa expectativa é de contar com mais de dez mil presentes no sábado”, reiterou Palmeron.

Comente com seu Facebook