Por onde anda? Ravanelli, ex-Ponte Preta

0

por júlio nascimento

NA TELA DA BAND

Portal CB estreia nesta segunda-feira o quadro “Por onde anda?” para discutir o rendimento de ex-jogadores de Ponte Preta e Guarani que ainda estão em atividade, mas geram poucas informações aos torcedores dos seus ex-clubes.

O primeiro nome da lista é Ravanelli Santos.

O meia de 21 anos foi revelado em 2016 pela Macaca e disputou 23 jogos naquela temporada marcando dois gols. Ravanelli ganhou a titularidade no segundo semestre, ainda com Eduardo Baptista, após queda de rendimento de Thiago Galhardo. Foi mantido na equipe principal em 2017 e participou do elenco que chegou a decisão do Campeonato Paulista.

No geral, Ravanelli disputou 41 jogos pela Macaca e marcou três gols. Foi vendido após o Paulistão de 2017 para o Akhmat Grozny, da Rússia, por 800 mil europs – aproximadamente 2,9 milhões de reais na época -, de acordo com valores divulgados pelo próprio clube russo.

Ravanelli está em sua segunda temporada no futebol russo. Demorou para ganhar sequência no primeiro ano de Grozny e disputou 12 partidas. Neste ano foram apenas três jogos do meia brasileiro. São 419 minutos em campo com um gol marcado, uma assistência e dois cartões amarelos. Passagem discreta até o momento.

Com o ex-pontepretano no banco de reservas, o Grozny é o nono colocado do Campeonato Russo após 10 rodadas. A equipe conquistou 12 pontos após três vitórias, três empates e quatro derrotas. A rodagem de Ravanelli aumenta em jogo do torneio nacional. O atleta foi titular no jogo da Copa da Rússia contra o SKA Energia.

Comente com seu Facebook