Ponte empata com Avaí, CSA vence e Macaca termina a Série B na quinta posição

0
Gramado pesado e poucas chances de gol marcaram o jogo na Ressacada.

O sonho do acesso ficou para 2019. A Ponte Preta não fez boa partida na Ressacada diante do adversário direto Avaí, que ficou com uma das vagas para a Série A. O empate sem gols entre as equipes, aliado a vitória do CSA sobre o Juventude por quatro a zero, deixou a Macaca na quinta posição, com os mesmos 60 pontos do quarto colocado, o Goiás. Mas a equipe goiana ficou com 2 vitórias a mais que a Ponte.

NA TELA DA BAND

Além do campeão Fortaleza, o CSA (2º colocado), o Avaí (3º colocado) e o Goiás (4º colocado) comemoram o acesso à primeira divisão do Brasileirão.

A Ponte não conseguiu imprimir um bom ritmo durante boa parte do jogo, teve poucas oportunidades claras de gol e acabou falhando no momento mais decisivo da temporada.

O JOGO

O jogo começa sob forte chuva e a Ponte tenta manter a posse de bola no setor ofensivo. O primeiro chute a gol sai de Nathan, mas foi fraco e ficou fácil nos braços do goleiro Rubinho. O Avaí só responde dez minutos depois numa cobrança de falta de Renato que passa perto.

O acesso saiu das mãos da Ponte Preta aos 19 minutos, quando o CSA marcou um gol em Caxias do Sul sobre o Juventude. Em Florianópolis, a Ponte tem dificuldade para criar jogadas de ataque. O Avaí tem mais uma boa chance na reta final do primeiro tempo. Depois do levantamento de Guga, Ivan afasta mal, mas o chute de Pedro Castro sai fraco e o goleiro da Macaca defende. A melhor chance pontepretana no primeiro tempo sai só aos 45 minutos. Ruan cruza da direita e Junior Santos cabeceia bem. Rubinho mostra insegurança, mas defende.

No segundo tempo, o Avaí tenta resolver a sua situação de acesso com Daniel Amorim e Ivan trabalha bem. Já a Macaca, continua com dificuldades até para chutar ao gol. A situação pontepretana começa a ficar desesperadora quando o CSA faz o segundo gol na outra partida que definia o acesso.

A primeira oportunidade dos alvinegros no segundo tempo sai só aos 18 minutos: Victor Rangel se livra da marcação mas a bola vai longe do gol. Em Caxias, aos 23 minutos do segundo tempo, o CSA faz mais um gol e define o seu acesso à Série A.

O Avaí sobe novamente ao ataque: Rodrigão recebe no meio da defesa e, na tentativa de buscar o canto, finaliza mal. Mas a Macaca melhora com as alterações ofensivas de Kleina e coloca pressão. Danilo Barcelos cruza, Victor Rangel mira no canto o cabeceio, mas a bola sai.

O contra ataque fica com o Avaí e Rodrigão fica com a bola do acesso. O atacante aparece na cara de Ivan e o goleiro pontepretano vira um gigante e evita o gol. A pressão pontepretana não termina em gol e o acesso fica para o ano que vem.

AVAÍ X PONTE PRETA

Campeonato Brasileiro Série B – 38ª rodada

Data: sábado, 24 de novembro

Horário: 17 horas

Local: Estádio da Ressacada – Florianópolis

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio – GO

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires – GO

Cartões amarelos: Matheus Barbosa, Nathan, Danilo Barcelos, Roberto

Público:  16.460 pessoas

Renda: R$ 367.607,00

PONTE PRETA: Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan (Igor), Lucas Mineiro. Tiago Real e Matheus Vargas (Victor Rangel); André Luís e Júnior Santos (Roberto). Técnico: Gilson Kleina

AVAÍ: Rubinho; Guga, Betão, Marquinhos Silva e Iury (João Paulo); Judson, Matheus Barbosa, Pedro Castro e Renato; Daniel Amorim (Rodrigão) e Getúlio (Jones Carioca). Técnico: Geninho

 

Comente com seu Facebook