18 C
Campinas, São Paulo, Brasil
sábado, outubro 20, 2018

Carlos Batista é narrador esportivo e apresentador da Rádio e TV Bandeirantes de Campinas. Autor do livro O GUARDIÃO DA ILHA.

Bordões conhecidos:

Na TV

Meu nome é Carlos Batista, mas pode me chamar de Batista

A Origem, A Origem, A Origem

No Rádio

É ELE, É ELE, É ELE, É ELE, É ELE O AUTOR DO GOL…

O meu coração está pedindo gol…

A bola gosta de rede é de rede que a bola gosta…

Cabeçada fatal, cabeçada letal…

Twitter – batistaorigem

Instagram – @carlosbatistabatista

Facebook – https://www.facebook.com/carlosbatista.batista.5

Site – carlosbatista.com.br

Formação Profissional:

Radialista

Marketing Esportivo – Unicamp
Sócio da Aceesp ( Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo )

Histórico Profissional

1977 – O início como radialista na Rádio São Joaquim de São Joaquim da Barra – SP, cidade que fica a 60 KM de Ribeirão Preto às margens da Rodovia Anhanguera. Foi aprovado como locutor após um concurso entre 12 participantes. 2 candidatos foram escolhido e depois de 3 meses de testes a emissora contratou em definitivo começou como locutor noticiarista. Trabalhou depois como apresentador de programas musicais e em 1982 iniciou a carreira de locutor esportivo na mesma emissora.

1983 – Transferiu-se para a Rádio e TV Morada do Sol onde trabalhou como narrador titular da equipe esportiva transmitindo jogos da Ferroviária nos Campeonatos Paulista e Brasileiro de futebol. Transmitiu jogos do Circuito Banco Itaú de Vôlei e acompanhou o Clube 22 de Agosto no Campeonato Paulista de Futsal Apresentador de programas esportivos na TV Morada do Sol emissora filiada a TV Bandeirantes.

1984 – Aceitou o convite da Rádio Central-AM de Campinas para ser narrador esportivo. Foi também coordenador da equipe até 1991. Naquele ano a Rádio Central-AM decidiu acabar com a equipe de esportes. Para que cerca de vinte profissionais não ficassem desempregados propôs a terceirização da programação esportiva da emissora. Como empresário comandou a equipe com enorme sucesso de audiência até 2001.

1989 – Foi convidado para ser narrador esportivo da Rádio Jovem Pan de São Paulo. Durante 5 anos fez parte da equipe que tinha os narradores José Silvério, o titular, José Carlos Guedes e Nilson César. Transmitiu jogos dos Campeonatos Paulista e Brasileiro de futebol. Final da Copa América de Basquete feminino, final do Campeonato Paulista de basquete masculino. Finais da Copa Jovem Pan Dan-Up de Futsal, entre outros. Apresentou os programas Jornal de Esportes, Pique da Pan, Domingo Esporte, Plantão de Domingo e Terceiro Tempo.

1985 – Comandou por três anos a equipe esportiva da Rádio Cultura de Mogi Mirim dando emprego para doze profissionais entre narradores, comentaristas, repórteres, plantonistas e produtores. A equipe acompanhou o Mogi mirim E.C. no Campeonato Paulista de Futebol(Carrossel Caipira) e promoveu competições de Futsal com times  da Cidade.

1986 – Escreveu uma coluna sobre futebol no jornal Folha de São Joaquim, de São Joaquim da Barra-SP editado para 15 municípios naquela região. Dois anos depois se transferiu para o jornal A Voz de São Joaquim da Barra onde permaneceu até 1994.

1991 – Atendendo a um convite do Superintendente do Grupo Diário do Povo Celso Fujita, começou a comandar um programa esportivo TELESPORTE na TV Brasil, emissora filiada ao SBT para 48 cidades na região de Campinas. Foi também editor chefe e diretor do TELESPORTE até 1994.

1992 – Foi diretor da Divisão de Eventos Esportivos do Grupo Diário do Povo ( Rádios-AM e FM, Jornal e emissora de TV. Nos dois anos que esteve à frente do departamento promoveu dez competições e gerou empregos para mais de cem profissionais.

1998/2001 – Foi colunista da Revista Interesportes falando sobre futebol. Esta Revista é editada em Campinas pela Editora Multiesportes e circula em 15 estados brasileiros

1991 – Início das atividades como empresário da comunicação. Fundou a CCP Central Campinas de Propaganda. A empresa foi responsável pela programação esportiva da Rádio Central-AM, emissora que no período que contou com a equipe de Carlos Batista tinha a maior audiência esportiva de todos os tempos. Produziu e apresentou o programa TELESPORTE da TV Brasil emissora retransmissora do SBT, e gerando quarenta empregos diretos e indiretos para profissionais de comunicação, contatos publicitários, administração. Motoristas e recepcionistas. O TELESPORTE tinha 400 mil telespectadores por minuto. À época era o único programa que tem o seu foco centrado na região de Campinas.

2002- Convidado pela Rede Bandeirantes de Campinas para comandar a programação esportiva do grupo, nas emissoras Rádio Bandeirantes AM- Campinas e TV Bandeirantes Regional.
Após vinte dias de estreia a programação esportiva da rádio Bandeirantes ultrapassou a concorrente na liderança de audiência, conforme pesquisa IBOPE de 05 à 18 de agosto de 2002. Em 2006 a Rádio Bandeirantes sozinha tinha mais audiência do que as concorrentes somadas ( pesquisa ibope, todos os públicos, todas as idades, ambos os sexos, programação esportiva )
Carlos Batista é apresentador de programas esportivos em TV com sinal aberto. Iniciou comandando o Esporte Total Regional da Band de segunda à  sexta-feira das 12h30 ‘as 13h25 e para 82 municípios totalizando uma população de 5.321.753 habitantes. Em 2018 Carlos Batista comanda o Jogo Aberto Regional 12h30 ‘as 13h10 e para uma região de aproximadamente  7 milhões de pessoas.

PREMIAÇÕES

Troféu Ford/ACEESP – 2001- Eleito o melhor narrador esportivo do interior do Estado de São Paulo. Premiação em comemoração dos 60 anos de existência da ACEESP. Esta é a maior premiação dos profissionais de rádio.

Troféu Ford/ACEESP – 2005/2006/2007/2009/2010//2016/2017 – A equipe esportiva da Rádio Bandeirantes foi eleita a melhor equipe esportiva do interior do Estado de São Paulo. Esta é a mais importante premiação da categoria.

Troféu ACEC ( Associação dos Cronistas Esportivos ) pelos excelentes serviços de cobertura prestados pelo programa TELESPORTE aos esportes de Campinas.

Troféu radialista Renato Silva – Eleito por 6 anos consecutivos como melhor narrador esportivo de Campinas.

Troféu Cidade Pontepretana – Eleito pelos associados do clube como o melhor narrador esportivo de Campinas.

Troféu Andorinha mérito esportivo – Eleito pelos comunidade de salonistas de Campinas como o maior comunicador esportivo da Cidade.

Troféu hora ao mérito – Eleito pelos esportistas de Araraquara como uma das grandes personalidades da comunicação que trabalharam na imprensa daquela Cidade.

Troféu Personalidade Esportiva – Eleito pelos diretores da Unidade Ponte Preta do Jardim Eulina como a personalidade da comunicação esportiva do ano.

Medalha do Centenário – Eleito uma das cem pessoas que mais contribuíram para o crescimento da Ponte Preta em um século de existência. As medalhas foram confeccionadas com números e uma edição limitada de cem medalhas.

Troféu A.A.PONTE PRETA – Pela contribuição no engrandecimento do clube. – Diretor de Esportes da Rádio Central-AM –

Medalha Colaboração da Federação Paulista de Futsal – Premiação dedicada aos homens de imprensa pela divulgação da modalidade.

Diploma de Personalidade Campineira – Comenda oferecida pela Câmara de Vereadores de Campinas como personalidade de maior destaque na comunicação esportiva de Campinas. Projeto do vereador Tadeu Marcos PMDB-CPS.

Titulo de cidadão Campineiro – honraria concedida somente as personalidades que contribuíram para o crescimento do Município.

Pesquisa Opus – Eleito pelos torcedores do Guarani e Ponte Preta como o melhor narrador esportivo de Campinas com 57% o segundo colocado teve 5%

Pesquisa Interesportes – O radialista mais lembrado pela população de Campinas.

PALESTRAS

Fez palestra para alunos do primeiro, segundo, terceiro e quarto anos de jornalismo da PUC CAMPINAS falando sobre a história do rádio e transmissões esportivas pelo rádio.

Fez palestra especial valendo como matéria para alunos do terceiro ano de jornalismo da PUC CAMPINAS, teoria e prática com simulação do funcionamento de uma reportagem externa ao vivo pelo rádio.

Fez palestra para alunos de Publicidade e Marketing primeiro, segundo, terceiro e quarto anos da Faculdade de Valinhos, falando sobre transmissões esportivas e a publicidade no rádio.

Fez palestra sobre rádio esportivo para alunos do Instituto Luis Braile para cegos e deficientes visuais de Campinas.

Fez palestra para alunos do curso de radialistas do SENAC CAMPINAS falando sobre técnicas de transmissão esportiva.

PARTICIPAÇÃO EM LIVROS

Escreveu a orelha do livro 100 ANOS DA PONTE PRETA do historiador Sérgio Rossi.

Escreveu a orelha do livro SEMPRE PONTE PRETA, MISTICA, TORCIDA E A CIDADE DE CAMPINAS do historiador José de Moraes Neto.

Publicou o livro Centenário do Guarani F.C – as 100 melhores histórias do Bugre que foram ao ar na Rádio Bandeirantes AM 1170KHZ – Campinas.

Escreveu a orelha do livro O RÁDIO O FUTEBOL E AVIDA do radialista Flávio Araújo.

Escreveu o livro – O GUARDIÃO DA ILHA. Obra de ficção baseada em fatos reais. O leitor vai conhecer a trajetória de um homem misterioso que viveu numa ilha as margens do rio Tibagi, norte do estado do Paraná. Ninguém sabia nada sobre ele.

Possuía muitos predicados, dons e conhecimentos que estavam muito acima da vida simples que levava naquele fim de mundo onde trabalhava numa olaria de tijolo.
Marcado pelo destino ele foi sugado pelo redemoinho da paixão. Perdeu tudo por causa de um amor proibido por uma bailarina.Ficou entre a vida e a morte e foi salvo pela virgem Maria.
Uma impressionante história de amor, fé, ensinamentos e profundidade espiritual. Experiências vividas dentro de uma penitenciária na convivência com um mestre samurai.

CITAÇÕES FAVORITAS

Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito. (Martin Luther King)

Não deixe aquilo que é urgente tomar o lugar daquilo que é importante em sua vida. (C.H. Spurgeon)

O óbvio é a verdade mais difícil de se enxergar – ( Clarice Lispector )