Guarani empata com o Figueirense e abandona as últimas chances de acesso

0

O Guarani não conseguiu manter o embalo na série B do Brasileiro. Em Florianópolis, o Bugre teve mais oportunidades que o Figueirense, mas faltou eficiência para balançar as redes. Vale lembrar também que o goleiro Vitor fez 3 grandes defesas que garantiram o empate.

NA TELA DA BAND

O Bugre chega aos 50 pontos, fica a 7 de distância do quarto colocado e dá adeus às possibilidades de acesso. São 9 pontos em disputa para o time tirar mais de 7 de diferença para subir.

O Bugre volta a campo no próximo sábado quando recebe o Paysandu no Brinco de Ouro.

O JOGO

A partida começa equilibrada, mas as duas equipes têm pouca eficiência nas finalizações. Jefferson Nem é o primeiro a levar perigo num chute cruzado que o goleiro evita. Gustavo Ferrareis tenta dar o troco, mas o chute vai pra fora. O Figueirense fica mais perto do gol quando Felipe Amorim bate da entrada da área e a bola vai no travessão. Só que a partida tem equilíbrio e o Bugre também fica no quase num chute cruzado de Denner que Poveda não alcança.

A melhor chance dos alviverdes foi de Rafael Longuine. Na cara do goleiro, ele chuta bem e Vítor salva os donos da casa. O goleiro do Figueira ainda consegue travar um chute de Poveda que tinha endereço certo.

O Guarani tenta organizar melhor as jogadas de ataque no segundo tempo. Mas as chances de gol demoram a sair. Aos 15 minutos, Ricardinho manda uma bomba no ângulo e o goleiro salva. Foi pouco diante de um adversário que só cumpria tabela.

FIGUEIRENSE X GUARANI

Campeonato Brasileiro Série B – 35ª rodada

Data: terça-feira, 06 de novembro de 2018

Horário: 21h30

Local: Estádio Orlando Scarpelli – Florianópolis

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)

Assistentes: Wendel de Paiva Gouvea e Diogo Carvalho Silva (RJ)

Gols: 

Cartões Amarelos: Pereira, Fabrício, Philipe Maia, Daniel Costa, Betinho, Kevin, Caique

Público: 

Renda: R$

FIGUEIRENSE: Vitor Caetano; Matheus Sales, Henrique Trevisan, Nogueira e João Paulo; Betinho, Pereira (Marco Antônio), Gustavo Ferrareis (Romarinho) e Renan Mota; Felipe Amorim (Daniel Costa) e Elton. Técnico: Rogério Micale

GUARANI: Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Romário; William Oliveira, Ricardinho e Denner (Rondinelli); Rafael Longuine (Matheus Oliveira) e Jefferson Nem (Caique); Gabriel Poveda. Técnico: Umberto Louzer

 

Comente com seu Facebook