Gol de falta: uma missão para Danilo Barcelos e Matheus Vargas na Ponte Preta

0
Foto: Fábio Leoni-PontePress

por júlio nascimento

NA TELA DA BAND

A Ponte Preta está a uma semana de quebrar um recorde negativo. Desde 15 de novembro do ano passado que a Macaca não marca um gol de falta. O responsável pelo feito foi Danilo Barcelos na vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 1, pelo Brasileirão, no Majestoso.

Desde então foram mais de 60 jogos disputados e nenhum gol de falta. Se não marcar na partida contra o Juventude, na sexta-feira, o tabu chegará ao dia 15 e o último gol de falta assoprará velhinhas de um ano.

Danilo Barcelos, que bateu falta na trave contra o São Bento e CRB, está próximo do gol. O lateral tem sido o principal cobrador de faltas da equipe, mas tem agora o apoio de Matheus Vargas – com quem tem dividido as cobranças das infrações e também dos escanteios.

A bola parada tem sido uma característica do time de Gilson Kleina desde a reestreia. 5 dos 9 gols marcados pela Ponte desde a volta do treinador foram na bola parada (55%). Foram dois gols de escanteio, um de cruzamento de falta e outros dois de pênalti. Nenhum de falta direta.

A dupla que tem a missão de acabar com a seca de gols de falta está escalada para enfrentar o Juventude. A Macaca precisa vencer os últimos três jogos para continuar sonhando com o acesso. Depois do Juventude, o time ainda enfrenta o Coritiba no Majestoso e o Avaí em Santa Catarina.

 

Comente com seu Facebook