Do túnel do tempo: Luís Ricardo volta à Macaca depois de 10 anos

0
Foto: Thiago Toledo

O ano era 2008, a Ponte Preta começava a temporada com muitas caras novas e um treinador que ainda buscava espaço no mercado da bola (Sérgio Guedes). Entre os “desconhecidos”, nomes que depois brilharam no futebol brasileiro, como Elias, Renato Cajá e Luís Ricardo. Este último, atacante vindo do modesto Marcílio Dias, com apenas 22 anos. A campanha do time no Paulistão rendeu um vice-campeonato e projetou boa parte dos atletas. Luís Ricardo foi um deles.

ESPEL ELEVADORES

Dez anos depois da primeira passagem dele pela alvinegra campinas, o jogador retorna. Mais experiente, com mais cabelos e especialista em outra posição: a lateral direita. “Eu virei lateral-direito, é nesta função que fui contratado; é claro que com esta camisa eu fiz alguns gols aqui na Ponte Preta. Mas, eles contrataram alguns atacante aí que vão dar conta do recado. A minha função de fato é levar esta bola pra eles e, se possível, conseguir fazer alguns gols estarei bastante feliz”.

Luís Ricardo se transformou em lateral-direito em 2011, na Portuguesa, onde subiu para a Série A e conquistou o título do Brasileiro da Série B.

Os últimos anos do lateral não foram de sucesso no Botafogo. Em setembro de 2016, ele sofreu uma fratura no tornozelo esquerdo e passou o ano seguinte se recuperando da grave lesão. Em 2018, o jogador não conseguiu se firmar como titular, foram apenas 13 partidas com a camisa do alvinegro carioca. “Jogador com lesões acaba perdendo espaço, mas ali fui bem tratado, me recuperei super bem, voltei a jogar de novo e por isso a Ponte resolveu me trazer pra eu buscar novos ares”.

Em princípio, Luís Ricardo deve ser o titular na lateral-direita. Mas a diretoria pontepretana ainda aguarda o desfecho das negociações com Arnaldo, que pertence ao Botafogo e defendeu o Ceará na última temporada. O volante Mantuan também pode exercer a função de lateral e Matheus, titular da Macaca na Copa São Paulo vai ser promovido ao time profissional ao final da competição de base.

Comente com seu Facebook