Depois de quase 2 meses, Ferreira reconhece pênalti no último Dérbi

0

O Dérbi do dia 25 de agosto foi a última vez que o zagueiro Ferreira entrou em campo com a camisa do Guarani. Depois, o jogador conversou com Umberto Louzer e saiu de cena. Somente nesta quarta, o jogador, que tem grandes chances de ser titular na próxima sexta diante do São Bento, concedeu entrevista coletiva. Sincero, o zagueiro reconheceu que realmente cometeu pênalti em André Luís no último dérbi, realizado no Majestoso.

NA TELA DA BAND

“No jogo ali, realmente, eu achei que não tinha tocado no André Luís. Foi um lance muito rápido, quem está dentro do campo sabe que é rápido e eu achei que tinha tocado na bola. Mas depois eu vi o lance e realmente eu toquei no jogador e não vou ser hipócrita em dizer que não foi pênalti. Foi pênalti sim.”

O zagueiro reconheceu a falha, mas também reforçou que a sorte estava com ele naquela tarde de sábado: “eu fui abençoado por Deus naquele momento e acho que sou um cara iluminado. Se tivesse aquele pênalti, poderia ser uma coisa muito ruim. Não deu pênalti, então não foi,” completou.

Pelo segundo treino consecutivo, Ferreira foi utilizado na zaga no lado direito, no lugar antes ocupado pelo agora suspenso Philipe Maia. Na coletiva, Ferreira reconheceu que se sente mais confortável jogando pela direita. Nas duas oportunidades em que atuou, totalizando 30 minutos, ele entrou na lateral-esquerda, fazendo a função de contenção daquele lado. Não se sentiu confortável por ali, teve uma conversa com o técnico Umberto Louzer e os dois acharam melhor “dar um tempo”.

Agora, melhor condicionado fisicamente, e com uma vaga onde se sente mais confortável, Ferreira deve ir a campo na sexta.

 

Comente com seu Facebook