Chegada de novos atacantes deve tirar o espaço de Erik no Guarani

0

por júlio nascimento

NA TELA DA BAND

Com a possível chegada de mais dois atacantes ao elenco do Guarani, as chances de Erik na equipe podem diminuir. Um dos principais alvos de críticas da torcida bugrina nos últimos meses, o jogador dificilmente estará entre as primeiras opções e pode até ser envolvido em futuras negociações.

Na campanha do título da Série A2 do Campeonato Paulista, ninguém discutia o papel de Erik no time do Bugre. Ele fazia parte do “quarteto fantástico” – como foi apelidado o ataque da equipe pelos torcedores -, e estava muito bem tecnicamente. Era fruto direto de um resgate feito pelo treinador Umberto Louzer ainda quatro meses antes.

A boa fase, porém, passou. O jogador naufragou com as oscilações do time no início da Série B e o estilo de jogo  que chamava atenção positivamente se transformou em “defeito”. É nítido que a relação com o torcedor mudou após atuação e postura na derrota para a Ponte Preta no Dérbi 191.

Erik perdeu a titularidade na quinta rodada da Série B e atuou 174 minutos desde então (foi titular no empate contra o São Bento e entrou no segundo tempo em nove partidas). Ficou praticamente um mês sem jogar e voltou a receber uma partida no segundo tempo da partida contra o Paysandu, na 17ª rodada, sendo elogiado por Louzer por bons 10 minutos em campo.

A postura em Belém do Pará criou uma nova oportunidade para Erik. Ele entrou no final do jogo contra o Brasil de Pelotas, mas, em um lance infantil, colocou a mão na bola no último minuto e quase comprometeu a vitória bugrina (a arbitragem não viu o lance). A atitude irritou torcedores e comissão técnica.

Com histórico negativo no extracampo e sem render o esperado dentro dele, Erik dificilmente será aproveitado com as chegadas de Bruno Xavier e Douglas. O atacante do Corinthians de 21 anos está praticamente definido. Em contato com o Portal CB, o empresário César Soler admitiu que deve assinar com o Bugre na próxima semana. Lucas Andrino, empresário de Douglas, esteve no Brinco de Ouro na última quarta-feira para fechar acordo com a diretoria pelo atleta.

Com 28 jogos na temporada – sendo 18 na Série A2 -, Erik marocu cinco gols com a camisa do Bugre. O atacante, chamado por Felipão em 2014 de “novo Robinho”, foi revelado pelo Grêmio e ainda passou por Veranópolis, Juventude, Lajeadense e Luverdense. Ainda não conseguiu se firmar em nenhum clube na carreira.

 

Comente com seu Facebook