2011: Acesso e vice-campeonato no Paulista da Série A2

0

Na Série A2 de 2011, o Guarani terminou a primeira fase no quarto lugar do Grupo 2 com 32 pontos – quatro a mais que o quinto Red Bull. O Bugre passou para a segunda fase e caiu no Grupo 4 ao lado de Comercial, São José e Rio Preto. A equipe somou 14 pontos em seis jogos, garantindo vaga na elite do futebol paulista e classificação para a final diante do XV de Piracicaba.

NA TELA DA BAND

O campeão seria definido em jogo único, disputado em Piracicaba, para mais de 18 mil torcedores. O Guarani saiu na frente com gol de Rodrigo Paulista aos 9 minutos do segundo tempo, mas sofreu o empate com Adilson aos 33 minutos. O segundo gol do Bugre ainda foi marcado no primeiro tempo, aos 41 minutos, com Marcos Dener. No segundo tempo, com grande pressão do Nhô Quim, Adilson marcou o segundo dele e do XV, forçando a disputa de pênaltis.

O goleiro Emerson até conseguiu defender o pênalti de Paulinho, ex-Flamengo e Santos, mas Dadá e Carlinhos perderam suas cobranças e o XV venceu por 4 a 2.

XV DE PIRACIABA 2×2 GUARANI (4×2 nos pênaltis)

Local: Barão da Serra Negra, Piracicaba

Data: 07/05/2011

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)

Assistentes: Márcio Luiz Augusto (SP) Marco Antônio Gonzaga da Silva (SP)

Renda: R$ 301.400,00

Público: 18.693 pagantes

Gols: Rodrigo Paulista e Marcos Dener para o Guarani; Adilson, 2x, para o XV

XV: Wânderson; Vinícius Bovi, Everton, João Paulo (Marlon) e Ceará; Diego Araújo (Fábio Santos), Gláuber, André Cunha e Ricardinho; Rodolfo (Paulinho) e Adílson. Técnico: Moisés Egert.

GUARANI: Emerson; Neto, Aílson e Aislan; Chiquinho (Thiago Maciel), Carlos (Bruno Rangel), Dadá, Rodrigo Paulista e Carlinhos; Fabinho e Marcos Dener (Luís Gustavo). Técnico: Vilson Tadei.

Comente com seu Facebook